(051) 3395-4235

08/10/2016

Diferenças no metabolismo cerebral da glicose entre pessoas com e sem insônia.

O Estudo americano publicado na revista SLEEP do mês de outubro, envolveu 84 voluntários divididos aproximadamente entre 50% de insones e 50% com sono normal, submetidos à técnica de PET scan para identificação do metabolismo da glicose regional cerebral no sono e na vigília.

Os resultados indicam diferença significativa entre os grupos, apontando para os insones como grupo com consumo anormal de glicose em áreas do cérebro relacionadas ao desempenho cognitivo e à modulação afetiva, tanto na vigília quanto durante o sono. 

O estudo indica importante diferença funcional cerebral a ser comparada, futuramente, com aspectos clínicos já conhecidos na insônia.